sexta-feira, 5 de março de 2021

Centenário do Partido Comunista Português (1921-2021)

 

6 de março de 1921 - 5 de março de 2021


A 6 de março de 1921 nascia o Partido Comunista Português na sede da Associação dos Empregados de Escritório, em Lisboa. A assembleia reuniu e elegeu José Carlos Rates, marinheiro e operário, secretário da Associação dos Trabalhadores das Fábricas de Conservas de Setúbal, secretário-geral. O PCP faz cem anos. Cem anos de lutas. O movimento operário, o sindicalismo revolucionário, a consciência social e política, os ventos da Revolução de Outubro, na Rússia, foram os motores maiores da constituição do partido. “Logo na sua fundação em 1921, o primeiro e principal compromisso foi com os trabalhadores e com o povo português, assumindo o ideal e o projeto de libertação da exploração do homem pelo homem”, recorda Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP.

Fonte: “Notícias Magazine”



A 6 de Março de 1921, foi fundado o Partido Comunista Português. Em 2021 faz 100 anos. São 100 anos de luta heróica ao serviço do povo e da pátria, pela democracia e o socialismo.

São 100 anos em que não há nenhuma transformação social, nenhum avanço ou conquista dos trabalhadores e do povo português a que não esteja directa ou indirectamente associada a iniciativa, a luta, a acção e a intervenção do PCP. São 100 anos de vida e de luta de um Partido que, orgulhoso da sua história e aprendendo com a sua própria experiência e a do movimento comunista e revolucionário internacional, assume com determinação e confiança as exigências da actualidade e do futuro.

Comemoramos o Centenário do Partido Comunista Português, obra da classe operária e dos trabalhadores portugueses, legítimo herdeiro e continuador das melhores tradições de luta e das realizações progressistas e revolucionárias do povo português, assinalando e valorizando a sua história heróica, desenvolvendo a sua luta no presente e afirmando o ideal e o projecto comunistas a que o futuro pertence.

Fonte. PCP

Sem comentários:

Enviar um comentário