quarta-feira, 18 de abril de 2012

Ninguém pode dizer que estamos a retirar-lhes algo que era deles...

 

"O Vice-Ministro da Economia Axel Kicillof, comunicou que o grupo Repsol "teve lucros anormalmente grandes" nos últimos anos e considerou que "ninguém pode dizer que estamos a retirar-lhes algo que era deles", referindo-se ao projeto de lei argentino para reassumir o controlo da petrolífera YPF".

Mais sobre este assunto:
Cinco postales de Repsol-YPF en Argentina (Rebelión)
YPF no es nuestra, pero tanta bandera envenena el aire (Rebelión)
 “Nuestras empresas” y la “seguridad jurídica” (Rebelión)

Sem comentários:

Enviar um comentário